quinta-feira, 31 de maio de 2007

Vamos Brincar

BRINCADEIRAS DE A a Z e a BRINCADEIRA
TAGGED
Olá amigas, recebi o convite da Amiga:
Ruth do blog,
http://entrelacadasepontos.blogspot.com/
para participar de uma brincadeira.
A brincadeira é assim, vc coloca o
alfabeto e escreve a primeira palavra,
depois vc convida três amigas para participar.
Vou começar........

A- Amizade, é boa quando é sincera.
B- Beijo, gosto mais de receber, do que dar.
C- Calor, porque adoro o verão.
D- Dormir, só o necessário ,para descansar o corpo.
E- Esquecer, é o que tanto fazer das coisas tristes
que me acontecem.
F- Família, está muito dispersa para o meu gosto.
G- Gostar, gosto de quase tudo......cada coisa tem sua beleza.
H- Harmonia, havia de haver.... mas, não há.
I- Irmãos, não tenho.....e hoje é que tenho pena.
J- Jardins, adoro flores.
K- Kg, é o que tenho cada vez mais.
L- Lagartos, tenho horror.
M- MÃE, só há uma.
N- Nicotina, consegui livrar-me.
O- Obrigação, detesto quando sou obrigada a
fazer o que não quero.
P- Portugal, estás tão mal e tão triste.
Q- Queixinhas, detesto essas pessoas,
que o fazem.
R- Resposta, ninguém fica sem ela.
S- Saudades, tenho muitas, de tudo ...
de coisas, de pessoas.
T- Trabalho, tenho que ter sempre algo....
em mãos.
U- Utilidade, gosto de o ser.....
V- Vender, as minhas coisas quando?
W- Whisky, bebida fina, não sou apreciadora.
X- Xadrez, já soube jogar.
Y- Yoga, nunca experimentei....mas, acho muito
parado, para o meu gosto.
Z- Zaragata, ver.....só se for ao longe eh!eh!eh!


Convido as amigas:
Maria do blog: agulhas&missangas
http://agulhasemissangas.blogspot.com/
MIva do blog: mivacrochet
http://miva63crochet.blogspot.com/
Rosa do blog: corteygrif
http://corteygrif.blogspot.com
Naty do blog: Letras Soltas
http://letrassoltasnaty.blogspot.com/

quarta-feira, 30 de maio de 2007

PIADINHAS

AVISO MUITO
IMPORTANTE

Não comer carne......Vaca Louca
Não comer frango........Gripe Aviária

Não comer ovos.........salmonelas
Não comer porcos......podem ter a gripe das aves.


Não comer pescados....mercúrio e outros metais
pesados envenenam as águas.


Não comer vegetais...herbicidas e pesticidas contaminam os solos

Hmmmmmmmmmmmm!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!


MENOS MAL !.............FICA-NOS O
CHOCOLATE E O SEXO !!!

quinta-feira, 24 de maio de 2007

MODA 2007



MODA: PARA ESTE VERÃO,(não sei donde tirei)
GOSTAM? TIREM O MODELO

quarta-feira, 23 de maio de 2007

AH! AH! EU FIZ






Brincos pretos (3 coisas)
Brincos laranja (3 coisas)







segunda-feira, 21 de maio de 2007

BIJUTERIA


Pulseira Preta

Pulseira Laranja
2 Pulseiras: cada (4 coisas)

sábado, 19 de maio de 2007

PENSAMENTOS............de sábado

SORRIA, NA JUVENTUDE..........
POIS NA VELHICE, JÁ LHE FALTARÃO DENTES.

OS HOMENS, SÃO COMO AS PIPOCAS.......
ENCHEM O SACO, MAS NÓS NÃO PASSAMOS SEM ELES.

VIVER É BOM................
MAS ACOMPANHADO, É BEM MELHOR.

O PESSIMISTA QUEIXA-SE DO VENTO.....
O OPTIMISTA ESPERA QUE ELE MUDE.....
E O REALISTA, AJUSTA AS VELAS.

aproveitem o fds
bjs-Nela







sexta-feira, 18 de maio de 2007

RECADO

RECADO ou AVISO
para------------ CROCHE DE PRINCESA
ou alguém que a conheça
não te consegui visitar ,de quem será o problema?


Bom fds
bjs
Nela

EU QUE FIZ


Mochila de trapos


Parte de trás da Mochila

Azul e Branco

12 fios















quinta-feira, 17 de maio de 2007

AMIGAS

Por todo o carinho que me têm deixado.
Não tenho vindo com a mesma frequência, mas mesmo assim, já fiz
mais amigas.....não ando na melhor fase da minha vida, mas, daqui
para a frente não posso esperar muito melhor, pois, sem trabalho e com
a minha idade o que posso esperar?
Há, aquelas frases feitas:
Tem Fé, Tem Esperança...
O dia de Amanhã vai ser Melhor....
Pensa positivo.....
Mas, minhas AMIGAS, isso é muito fácil de dizer.....
mas, como sou muito Realista, não posso meter isso no prato, para
me alimentar, nem posso pagar as contas, com essas mesmas frases......
a Vida não é tão Bela como a tentam pintar, ou então não é para todos.......
é por isso que chega 1 dia, e uma Pessoa já não sabe o que fazer, e cansa,
sim, cansa de nada fazer, e este cansaço dói, e dói muito mais do que
quando se trabalha........
É triste uma Pessoa com saúde, sentir-se um PESO ou FARDO na SOCIEDADE
Sim, é assim que me sinto---MAL---e vocês não têm que levar com as
minhas desventuras.
Desejo-vos tudo de BOM e o MEU MUITO

DE QUEM NÃO VOS ESQUECE
BEIJINHOS
Nela

sábado, 12 de maio de 2007

MÃE-sem profissão (não trabalha)



Uma mulher chamada Anne foi renovar sua carteira

de motorista. Pediram-lhe para informar qual era

sua profissão. Ela hesitou, sem saber como se classificar.

“O que eu pergunto é se tem um trabalho”, insistiu o

funcionário. “Claro que tenho um trabalho”, exclamou

Anne. “Sou mãe”. “Nós não consideramos mãe um

trabalho. Vou colocar Dona DA Casa”, disse o funcionário

friamente.


Não voltei a lembrar-me deste incidente até o dia em

que me encontrei em situação idêntica. A pessoa que me

atendeu era, obviamente, uma funcionária de carreira,

segura, eficiente, dona de um título sonante.

“Qual é a sua ocupação?” perguntou. Não sei o que me fez

dizer isto; as palavras simplesmente saltaram-me DA boca

para fora.

“Sou Doutora em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas ”.

A funcionária fez uma pausa, a caneta de tinta permanente a

apontar para o AR, e olhou-me como quem diz que não ouviu

bem. Eu repeti pausadamente, enfatizando as palavras mais

significativas. Então reparei, maravilhada, como ela IA

escrevendo com tinta preta no questionário oficial.

“Posso perguntar”, disse-me ela com novo interesse,

“o que faz exatamente?” Calmamente, sem qualquer traço

de agitação na voz, ouvi-me responder:

“Desenvolvo um programa a longo prazo (qualquer mãe faz isto),

em laboratório e no campo experimental (normalmente eu teria

dito dentro e for a de Casa). Sou responsável por uma equipe

(minha família), e já recebi quatro projetos (todas meninas).

Trabalho em regime de dedicação exclusiva (alguma mulher discorda?),

o grau de exigência é em nível de 14 horas por dia (para não dizer 24)”.


Houve um crescente tom de respeito na voz DA funcionária,

que acabou de preencher o formulário, se levantou, e pessoalmente

me abriu a porta. Quando cheguei em Casa, com o título DA

minha carreira erguido, fui recebida pela minha equipe

- uma com 13 anos, outra com 7 e outra com 3. Do andar de cima

pude ouvir o meu novo experimento (uma bebê de seis meses),

testando uma nova tonalidade de voz. Senti-me triunfante!


Maternidade. .. Que carreira gloriosa! Assim, as avós poderiam

ser chamadas:

“Doutora Sênior em Desenvolvimento Infantil e em Relações Humanas ”,

as bisavós: “Doutora Executiva Sênior” e as tias: “Doutora Assistente”.

Eu acho!!! Todas as mães, avós, bisavós e tias merecem saber disso.





Nela

MÃÃÃÃES

Mãe!

" Seja ela como for
e esteja onde estiver,é anjo em forma de amor,
é bênção feita mulher! "

(Silvia Schmidt)

Que todos os filhos tenham uma MÃE e o SEU AMOR

Com todo o meu carinho
BJS Nela

MÃES





MÃE


Mãe...São três letras apenas

As desse nome bendito:

Também o céu tem três letras

E nelas cabe o infinito



Para louvar a nossa mãe,

Todo bem que se disser

Nunca há de ser tão grande

Como o bem que ela nos quer



Palavra tão pequenina,

Bem sabem os lábios meus

Que és do tamanho do CÉU

E apenas menor que Deus!



(MÁRIO QUINTANA)


Para todas as MÃES

Biológicas ou de Coração e para as Futuras

Para a MULHER em geral

Bom fim de semana

Beijinhos

Nela




quinta-feira, 10 de maio de 2007

CORDÃO UMBILICAL




Cordão Umbilical

As mães não são mais as mesmas. Foi-se a época em que

dedicavam 100% do seu tempo e do seu pensamento às

crianças: hoje, preocupam-se com seu trabalho, sua aparência,

com sua vida afetiva e também com os filhos. O amor é o mesmo,

mas aliviou-se o grude. Tempos modernos.
Antes, todo mundo ficava em baixo do mesmo teto ou da mesma

àrvore no quintal. Ninguém saía da quadra onde morava, e os

olhos maternos funcionavam como pardais eletrônicos. Nada

escapava. Hoje, escapam todos. As mães saem para um lado e os

filhos para outro. Elas vão para o escritório, o shopping, o ateliê,

o restaurante. Eles vão para as aulas de natação, colégio, casas

dos amigos, cinemas. Mães e filhos mal se vêem, mesmo morando

juntos. No entanto, uma coisa os manterá eternamente ligados,

substituindo o cordão umbilical: o telefone.
Amédico. Filha, não esqueça de me trazer o livro assim que

terminar. Filho, não esqueça de usar camisinha. Filha, não esqueça

de cortar o cabelo, sua franja está no nariz. Filha, não esqueça do

que aconteceu com a Suzaninha, olho no seu marido.
Mães ligam no sábado para convidar para o almoço. Mães ligam no

domingo para saber se a lasanha não estav a muito salgada. Mães

ligam na segunda para dizer que já estão com saudade. Mães ligam

na terça agradeçendo a gente ter passado lá. Mães ligam na quinta

para avisar que vão a um vernissage. Mães ligam na sexta para

falar mal dos quadros. Mães ligam no sábado para recomeçar.
Os filhos se queixam? Todos. Faz parte da miseen-scènce. Eles

reclamam que a mãe pega no pé, que é onipresente, que não dá

folga, mas se ela fica 24 horas sem dar sinal de vida, eles chamam

os bombeiros, a brigada, o Ecco Salva: descubram onde está mamãe!
Eu falo com minha mãe dia sim, outro também. Se ela não liga, eu ligo.

O assunto? Trivial requentado, e está ótimo assim. Mâe pode fazer o

papel de padre, de psiquiatra, de irmã, de filha, mas se sai bem

mesmo é no papel de mãe, atenta e presente, mesmo quando longe.

Trabalhem, caríssima mães, festeiem, viajem, namorem, estudem,

caminhem, divirtam-se. Maternidade não é tudo. Mas continuem

ligando para saber se a gente chegou bem em casa.


Martha Medeiros - Jornal Zero Hora edição dominical - 10.Maio.1998



Dia da MÃE é sempre que um filho quiser





quarta-feira, 9 de maio de 2007

PARA TODAS AS MÃES





"UMA DAS COISAS MAIS LINDAS QUE JÁ LI EM TODO

ESSE TEMPO DE INTERNET".



Depois de 21 anos de casado, descobri uma nova maneira de manter

viva a chama do amor. Há pouco tempo decidi sair com outra mulher.

Na realidade foi idéia da minha esposa.

- Você sabe que a ama - disse-me minha esposa um dia, pegando-me

de surpresa.

A vida é muito curta, você deve dedicar especial tempo a essa mulher...

- Mas, eu te amo - protestei à minha mulher.

- Eu sei. Mas, você também a ama. Tenho certeza disto.

A outra mulher, a quem minha esposa queria que eu visitasse, era

minha mãe, que já era viúva há 19 anos, mas as exigências do meu

trabalho e de meus 3 filhos, faziam com que eu a visitasse ocasionalmente.

Essa noite, a convidei para jantar e ir ao cinema.O que é que você tem?

Você está bem? - perguntou-me ela, após o convite.

Minha mãe é o tipo de mulher que acredita que uma chamada tarde da

noite,ou um convite surpresa é indício de más notícias.Pensei que seria

agradável passar algum tempo contigo - respondi a ela

- Só nós dois; o que acha? Ela refletiu por um momento.

- Me agradaria muitíssimo - disse ela sorrindo.

Depois de alguns dias, estava dirigindo para pegá-la depois do trabalho,

estava um tanto nervoso, era o nervosismo que antecede a um

primeiro encontro... E que coisa interessante, pude notar que ela também

estava muito emocionada.Esperava-me na porta com seu casaco,

havia feito um penteado e usava o vestido com que celebrou seu último

aniversário de bodas. Seu rosto sorria e irradiava luz como um anjo.

- Eu disse a minhas amigas que ia sair com você, e ficaram muito

impessionadas. Comentou enquanto subia no carro. Fomos a um

restaurante não muito elegante, mas, sim, aconchegante, minha mãe se

agarrou ao meu braço como se fosse "a primeira dama".

Quando nos sentamos, tive que ler para ela o menu. Seus olhos só

enxergavam grandes figuras. Quando estava pela metade das entradas,

levantei os olhos; mamãe estava sentada do outro lado da mesa, e me

olhava fixamente. Um sorriso nostálgico se delineava nos seus lábios.

- Era eu quem lia o menu quando você era pequeno -disse-me.

- Então é hora de relaxar e me permitir devolver o favor -respondi.

Durante o jantar tivemos uma agradável conversa; nada extraordinário,

só colocando em dia a vida um para o outro. Falamos tanto que perdemos

o horário do cinema.

- Sairei contigo outra vez, mas só se me deixares fazer o convite disse

minha mãe quando a levei para casa. E eu concordei.

-Como foi teu encontro?

- quis saber minha esposa quando cheguei naquela noite.

- Muito agradável... Muito mais do que imaginei...

Dias mais tarde minha mãe faleceu de um enfarte fulminante, tudo foi

tão rápido, não pude fazer nada.

Depois de algum tempo recebi um envelope com cópia de um cheque do

restaurante de onde havíamos jantado minha mãe e eu, e uma nota que

dizia: "O jantar que teríamos paguei antecipado, estava quase certa de

que poderia não estar ali, por isso paguei um jantar para ti e para tua

esposa. Jamais poderás entender o que aquela noite significou para mim.

Te amo".

Nesse momento compreendi a importância de dizer a tempo:

"TE AMO" e de dar a nossos entes queridos o espaço que merecem;

Nada na vida será mais importante que Deus e as pessoas que você ama,

dedique tempo a eles, porque eles não podem esperar.


O RELATO É REAL E COMOVENTE, REPASSE,

PODE TER ALGUÉM PRECISANDO>> > >>LER ISSO.

" É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã..."


(Renato Russo)


Um BEIJINHO A TODAS AS MÃES

não o posso fazer á MINHA