domingo, 25 de janeiro de 2009


Dez tipos de relacionamentos fadados ao fracasso
Pra que investir se você já sabe que vai dar errado?
Confesse, a gente SEMPRE sabe quando vai dar errado, e
pra você não ter a menor chance de se iludir, mandamos
aqui a lista dos dez relacionamentos sem chance nenhuma
de sucesso.
1)Perdeu o respeito: Este é o básico, a frase já ate virou
clichê e sinônimo dos conselhos de praxe “ Quando perde o
respeito, é porque já perdeu tudo”. A sabedoria popular mais
uma vez, está certa, se durante as brigas vocês proferem
xingamentos horrendos um ao outro, ou pior, chegam a se
agredir fisicamente, sem comentários, acabe com isso, pra
ontem!
2)A educação é muito diferente: Sem preconceitos, mas se os
valores recebidos em casa, os modos, e os costumes forem
muuuuuuito diferentes, não da, um teste infalível e fazer a
seguinte pergunta a si mesma: Eu gostaria de criar meus
filhos com esta pessoa?Se a resposta for não, nem precisa falar
mais nada. Termina logo!
3)A família dele é insuportável: Família… Um caso complexo, se
as vezes fica difícil se dar bem ate com a sua, imagina com a dos
outros. Aquele tipo de sogra que acampa na sua casa, liga nos
momentos mais íntimos querendo falar com o filhinho, o irmão
folgado, o sogro metido a jovem, e as cunhadas invejosas…
Você quer conviver com isso por toda a sua vida??
4)Não há química: O cara pode ser bonzinho, legalzinho,
bonitinho, com este excesso de “inhos’ já se vê que não vai dar
em coisa boa, quando a gente fica com alguém dando desculpas do
tipo “ah mas ele ‘e tão cordial”, “faz tudo que eu peco” mas não
suporta beija-lo e nem sequer a idéia de estar transando com
ele… Esqueça!!
5)No meio do caminho tinha uma ex.Tinha uma ex no meio do
caminho: Esta ninguém merece, uma ex fantasma que assombra
todos os seus momentos de vida a dois, liga pro cara querendo
resolver “assuntos pendentes”, liga pra você querendo saber se
vocês já ficavam antes deles terminarem (acredite, isso acontece),
aparece nos lugares onde vocês vão estar, ou pior aquela que
ameaça se matar caso o dito não volte (isso também acontece).
Devolva a mercadoria para a antiga dona, não vale a pena brigar.
6)Quando a fome entra pela porta… O amor sai pela janela, já
dizia minha mãe, pode parecer cruel mas é a realidade, não que
você tenha que se envolver com um cara rico, nada a ver, mas
também namorar um ser que não sai da frente da tv enquanto
as contas caem na sua cabeça…Não da!
7)Eu galinho, tu galinhas, nos galinhamos: Pode parecer ridículo,
mas às vezes nenhum dos dois esta na onda de um relacionamento
serio e acaba levando um namoro por levar, traindo, enganando,
indo e voltando, a pena pra isso é apenas uma: Sofrimento,
portanto cara leitora se você esta a fim de curtir e seu “namorado”
também, vá levar a sua vida e ele a dele. Ponto final.
8)Todos contra um: Seus amigos não gostam dele, ou os dele não
gostam de você, isso ‘e horrível, nem adianta tentar conquistar, às
vezes o Santo não bate, e ai não tem jeito mesmo, em alguns casos,
os “amigos” dele que falaram mal da sua pessoa vão, logo que
vocês terminarem, tentar alguma coisa (alem de “amizade”) com
você (experiência própria). Nananinanao!
9)Namorada ou psicóloga: No começo pode ate ser legal ficar
ouvindo os problemas do outro, os complexos de inferioridade com
relação aos irmãos, as brigas de escola que o deixaram
traumatizado, o amor doentio por uma garota que o largou logo
em seguida (explicação para a maioria dos possessivos). Depois de
um tempo bancar a analista e um saco! Fim da linha pra ele!
10)Você não gosta dele: Pode parecer absurda e ridícula esta
hipótese, mas acontece com mais freqüência do que a gente
imagina, o cara pode ter mil qualidades, ser tudo o que a gente
sempre sonhou, mas de repente você pode se dar conta que nem
tudo que parece perfeito e perfeito mesmo, se não tem amor de
verdade, não compensa mesmo levar adiante!
Nela